5 mitos sobre como empreender sem dinheiro.





Certamente, muitas pessoas sonham em ser seu próprio patrão e trabalhar por contra própria, mas, no mundo dos negócios existe diversos fatores inibidores que inviabilizam ideias e desencorajam muitos empreendedores potenciais, antes mesmo, do negócio sair do papel. Um dos mitos que impedem muita
gente de começar seu próprio negócio é o fato de não ter dinheiro para investir numa ideia. Sem dúvida, isto é um mito!

Muitas empresas de sucesso começaram sem dinheiro, o maior exemplo é a IBM,uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, que começou dentro duma garagem. Trazendo o histórico de sucessos para o Brasil temos a chilli Beans que começou com alguns óculos vendidos para amigos e hoje é uma das maiores redes de lojas de óculos do país. O próprio Silvio Santos que era camelô e hoje tem um dos principais canais de comunicação e outras empresas. De certo, o dinheiro não é o fator que impede a ação empreendedora, por isto, preparamos alguns mitos, sobre empreender sem dinheiro, que enraizaram na mente das pessoas.

1.É preciso dinheiro para fazer dinheiro
A dificuldade de empreender não está em ter ou não ter dinheiro para investir no negócio ,mas sim, na oportunidade de negócio e na capacidade e vontade do empreendedor de transformar o projeto num negócio lucrativo. Ou seja, muitas pessoas não têm boas ideias e utilizam a falta de dinheiro para inviabilizar o projeto.
Se a ideia for boa e tem potencial de lucro e crescimento o empreendedor consegue investidores, incubadoras e pessoas para lhe ajudar na nova empreitada. Está comprovado que a maioria dos negócios de sucesso começaram sem dinheiro como também muitas fortunas simplesmente sumiram por falta de visão de negócio.

2. É feio ter dívidas
Ter dívidas faz parte de todo negócio porque a empresa depende de financiamentos, comprar a prazo de  fornecedores ou fundos de investimento. A verdade é que o negócio sendo viável não há problemas de assumir dívidas, pelo contrário, se a empresa tem alavancagem financeira positiva é vantajoso para o negócio, pois, aumenta a taxa interna de retorno.

OBS.: Se o negócio for inviável ele será desastroso com ou sem dívidas.

03.Uma boa aplicação faz um bom negócio
[risos]. Esta é, sem dúvida, uma das maiores bobagens que conheço. Pois, não existe negócios sem capital existe negócios ruins ou mal planejados. Se a empresa tem potencial de lucro e a ideia for boa ela irá prosperar mesmo com 100% de endividamento.

Quando se trabalha com negócios endividados é só  programar as dívidas de acordo com as entradas de dinheiro na empresa. Negócios capitalizados geram em muitos empreendedores a sensação de conforto e facilidade que geram gastos desnecessários e supérfluos. Por isto, muitos negócios, mesmo capitalizados,  fracassam!!!

Um exemplo de gastos supérfluos em negócios capitalizados é quando executivos saem de grandes corporações para abrir seu próprio negócio, é muito comum nestes casos priorizar a contratação de  secretárias, compra de toda estrutura de escritório e só depois será pensado em como conseguir dinheiro.Este desvio de prioridades faz a empresa caminhar para gastos elevados e sem geração imediata de entrada de caixa. (A empresa entra no vermelho)

4. Meu negócio não pode começar sem dinheiro
Os únicos negócios que não podem começar sem dinheiro são os negócios ruins, com crescimento limitado e baixo lucro, por isto, não atraem ninguém e não saem do papel. Se  sua ideia for boa você irá encontrar investidores, bancos ou sócios para conseguir o dinheiro necessário.

5. Somente aventureiros conseguem começar sem dinheiro
Quando o empreendedor procura investimento é analisado nele três coisas: conhecimento técnico, necessidade de realização e honestidade. Muitas pessoas que são normais começam sem dinheiro e faz sucesso. Ou seja, pessoas normais também têm as características necessárias para conseguir aporte ou empréstimo.


5 mitos sobre como empreender sem dinheiro. 5 mitos sobre como empreender sem dinheiro. Reviewed by C.W on 19:15 Rating: 5

Nenhum comentário

Nos encontre no G+1