Administrar é para o Administrador

Segundo dados do censo da educação superior, o curso de administração é o curso com o maior número de estudantes matriculados no país. Em 2012, estavam matriculados 833.042 alunos no curso de Administração, a quantidade é tão grande que a diferença para o segundo lugar, o curso de Direito, é mais de 95.000 alunos. Isto é uma notícia muito boa, mostra que a profissão do administrador é valorizada. Porém,  O Brasil é um dos países com maior número de mortalidade empresarial , correspondendo  a 26,4% em empresas com mais de 2 anos de sobrevivência. Enquanto nos países europeus a taxa de mortalidade é de 7% , segundo a  EUR-LEX EUROPA.

Com o maior número de administradores, com conhecimento técnico em gestão,  no mercado as empresas deveriam estar mais preparadas para os desafios da concorrência competitiva e globalizada. O fato é que os administradores não estão assumindo cargos de gestão.

No Brasil, não existe uma lei que obrigue as empresas terem profissionais com formação em administração nos cargos de gestão. Com isto, estes cargos são ocupados pela confiança ou pelo conhecimento em determinada área e o conhecimento em gestão é colocado em segundo lugar. É comum médicos se tornarem diretores de hospital, advogados gerindo escritórios de advocacia, arquitetos  e engenheiros assumindo a direção de construtoras.

Isto é errado? Não! Mas, hoje, não se tem espaço para amadorismo e improvisos. Por isto, que as empresas estão falindo, porque não tem profissionais especializados administrando. O gestor atual precisar saber analisar estruturas de negócios, ser especialista em gestão de pessoas, diagnosticar problemas, reduzir custos através do Just-in-time; Kaban, Dominar as técnicas de marketing; finanças;  inteligência competitiva, analisar balanços, e muito mais. Não se pode liderar pessoas se você não souber o que elas tem que fazer, o administrador conhece a técnica e, por isto,  tem capacidade de liderar qualquer organização pública ou privada.

O que a sociedade diria se um administrador  assumisse  uma sala de cirurgia? A situação é a mesma só que ao contrário! O fato é que a administração não tem uma lei que obrigue as empresas a terem  administradores nos cargos de gestão. Os contadores têm uma lei que defende a profissão, tanto que muitas atividades empresariais só podem ser assinadas pelo contador, mérito deles! Então, por que a administração não tem  leis que defendam a profissão?


O que parece é que somos tanta gente que não conseguimos nos reunir ou que não existe preocupação com o futuro da profissão administrador.  Tanto que o curso de direito tem a prova da OAB –Ordens dos advogados do Brasil  e os contadores tem a prova do CFC – Conselho Federal de Contabilidade que testam a capacidade desses alunos para saber quem pode e quem não poder assumir sua profissão.  O CFA- Conselho Federal de Administração não cobra esta prova, a pessoa que se forma em administração já pode assumir a profissão sem qualquer tipo de teste, para saber se ela tem capacidade para tal. Estar capacitado é o mínimo que todos administradores devem fazer para começar a lutar por mudanças.
Administrar é para o Administrador Administrar é  para o Administrador Reviewed by C.W on 08:26 Rating: 5

Nenhum comentário

Nos encontre no G+1