Como implementar um planejamento estratégico na sua empresa

Toda e qualquer empresa tem alguma forma de estabelecer suas decisões  e ações estratégicas  sendo que   as empresas de maneira geral sempre  norteiam suas atividades em função de um objetivo, um ideal  estruturados ou não.  A diferença entre uma  organização e outra não está no capital, no produto ou em mercados, mas sim no “Onde   eu quero chegar e como eu irei chegar”.  Parece papo de teórico que não conhece a realidade nas empresas, mas ganhar mercado, clientes, desenvolver inovações em produtos, processos, aumentar o lucro, se desenvolver; ou não conseguir obter resultados e falir. Está ligado no que  as empresas acreditam e o quais atividades elas executam para se chegar em seus objetivos.

O  planejamento estratégico é o processo administrativo  da organização  que crias as diretrizes e define a melhor direção a ser seguida à longo prazo. Onde todos os fatores internos são analisados e otimizados interagindo com os fatores externos e outras variáveis que influenciam o resultado da empresa.

Mapa do planejamento 


Normalmente, as decisões estabelecidas no planejamento estratégico são tomadas nos níveis mais altos da organização e, como já dito, envolve condições externas e internas. Muitas empresas afirmam ter um planejamento estratégico quando, na verdade, não têm. Algumas perguntas bem simples, mostra se você desenvolve o planejamento estratégico na sua empresa.
·         
     Você conhece o seu  negócio?


  • · Tem interações com  os fatores externos e internos?
  • · Conhece sua vantagem competitiva?
  • · Sua empresa tem as atividades e atuações em  conformidade com o planejamento
  • · Todos na empresa têm o comportamento e comprometimento de acordo com os resultados esperados?
  • · Todos tem acompanhamento e avaliação dos resultados?

A implementação do planejamento estratégico é realizada em quatro fases: Diagnóstico estratégico; missão da empresa; instrumentos prescritivos e quantitativos e; controle e avaliação.

Fase: 01Diagnóstico estratégico
O diagnóstico mostra o “como a empresa é” e  analisa a realidade dentro e fora da organização dando aos gestores informações sobre  suas características positivas e negativas ; conhecendo as oportunidades e ameaças inerentes ao seu negócio.
Esta fase é composta de cinco etapas: Identificação da visão; identificação dos valores; análise externa; análise interna e análise dos concorrentes

Identificação da visão

A visão é até aonde os gestores conseguem enxergar a empresa dentro de um período de tempo mais longo. A partir desta visão, a empresa vai empregar seus esforços para alcançar seu objetivo.

Identificação dos valores
Representa o conjunto de princípios e crenças fundamentais da empresa. Criar os valores é muito importante, pois tem que existir o “algo a mais” que permita os colaboradores incorporar estes princípios como seus. A partir deste ponto, a empresa vai poder selecionar pessoas com  valores e atitudes correspondente.

Análise externa
A partir desta analise é que a empresa vai conhecer todos os fatores que influenciam (direta ou indiretamente) o negócio.  Devendo considerar os fatores políticos, sociais, Ambientais, Tecnológicos e econômicos.

Como fazer

Análise interna
Nesta seção, a empresa vai analisar suas características que lhe oferecem alguma vantagem sobre as demais empresas do setor ou fraquezas a sem trabalhadas. Se conhecer é o 1º passo do planejamento estratégico
Fatores a considerar

  •   Processos internos
  •     Liderança e gestão
  •    Estrutura
  •     Produtos e serviços
  •     Financeiro
Análise dos concorrentes
O objetivo é analisar os 3 a 5 principais concorrentes e fazer uma comparação com sua empresa. A partir disto, a organização vai poder investir no que seus concorrentes tem de melhor, adaptando as atribuições dos mesmos ao seu negócio e,  também, trabalhando seus pontos que  lhe deixam em desvantagem.
Vantagens
Você vai saber seu posicionamento no setor
Poderá fazer benchmarking
Saber os pontos fracos da concorrência

Fase 2 : Missão da empresa

Missão

É a determinação do motivo central da existência da empresa.  Abrangendo  o que a empresa comercializa, para quem ela vende,  sua finalidade, etc. “ o que você você faz? E porquê você faz?, resumindo seria isso.

Fase 03: Instrumentos prescritivos  e quantitativos

Instrumentos prescritivos

Este é o processo que mostra o que deve ser feito pela  empresa para que consiga alcançar os propósitos estabelecidos na missão.
Esta fase se divide em definição de objetivos funcionais; desafio e Metas; e projetos e plano de ação


Objetivos funcionais

São pontos ou resultados que devem ser atingidos por setores  e relacionados aos objetivos gerais do planejamento estratégico.

Metas

Corresponde ao estabelecimento de onde se quer chegar através de números e prazos determinados (ano; Semestres, Meses). As metas são os meios reais de fazer com que os propósitos funcionem, através delas e  cria-se uma linha de trabalho por setor que somadas formam os objetivos gerais da empresa.

Desafio

Precisa-se  criar desafios para que os colaboradores façam mais do que é cobrado, o desafio mexe com as pessoas. Quando o gestor concilia as metas com o desafios os resultados são superiores, pois a equipe se integra e se envolve no trabalho.
Exemplos: Metas escalonadas; desafios extra-metas com prêmios ou bonificações

Projetos

Os projetos são trabalhos a serem realizados com responsáveis; prazos de execução e finalização estabelecida e resultados esperados. É aconselhável que o acompanhamento dos projetos seja feito nas reuniões do planejamento estratégico.
Planos de Ação
Cada gestor deverá ter seu plano de ação contendo todos os projetos.

Instrumentos Quantitativos

São as projeções financeiras que  acompanha todos os projetos e plano de ação, contendo os gastos e também os retornos financeiros da empresa

Fase 04:Controle e Avaliação

Esta parte é onde a maioria das empresas falham, pois o planejamento é complexo e dá trabalho, por isto, tem forte tendência em ficar na gaveta. Esta é a fase de controle que vai assegurar a realização dos objetivos, metas, desafios, projetos e planos de ação estabelecidos.
Como se faz?
  •   Estabelecendo  análise de indicadores de desempenho
  •   Avaliação dos profissionais
  •   Analisar os desvios das metas e projetos
  •   Conferir as datas de conclusão dos projetos e plano de ação
  •   Comparar as metas com o realizado(ideal que todas as metas que envolve volume de vendas seja assim)

É interessante que o controle e avaliação seja feito em todas as áreas  periodicamente e apresentado nas reuniões  e não apenas no final do ano ou semestre.Indica-se também que uma pessoa fique responsável por esta parte .


O planejamento estratégico bem executado e aquele que é bem acompanhado, por isto, aconselha-se ter um consultor de fora que entenda realmente com funciona o planejamento da empresa.


Lembrando que é comum as empresas serem guiadas por problemas do dia-a-dia que alerta  a todos para poder resolve-los, que consome toda gestão exigindo uma tomada de decisão que resolve este problema e logo aparece outro, exigindo, novamente, de outra tomada de decisão e acaba que a gestão ficando presa em  resolver estes problemas e não o contrário: SEGUIR UM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO GLOBAL  COM MEDIDAS CORRETIVAS. Faça um teste; responda: Quantas decisões eu tomo por conta de problemas na empresa e quantas decisões eu tomo para seguir as diretrizes do planejamento estratégico? A partir da resposta, você irá saber o quanto o planejamento estratégico é importante para uma empresa. 

As maiores dificuldades que ocorre na implementação é a falta de metodologia; isto porque os gestores mesmo resolvem faze o planejamento e não funciona; falta de integração entre as áreas funcionais e a dificuldade em acompanhar e avaliar os trabalhos. Quando se trabalha em cima destes problemas, as coisas funcionam..
Como implementar um planejamento estratégico na sua empresa Como implementar um planejamento estratégico na sua empresa Reviewed by Unknown on 18:59 Rating: 5

Nenhum comentário

Nos encontre no G+1